Árvores de Natal de Milão e Vaticano poderão ser recicladas

ROMA, 8 JAN (ANSA) - Depois de serem usadas durante as festividades de fim de ano, as árvores de Natal instaladas em Milão e no Vaticano poderão continuar a ser úteis para as cidades. Mas desta vez, transformadas em móveis, obras de arte e até ferramentas.   


A medida de reciclar as árvores em objetos se aplica apenas as que faziam parte dos bosques certificados pelo Programme for Endoserment of Forest Certification (Pefc), que autoriza o uso industrial da planta. Entre elas estão as instaladas em Roma, Milão, Trento, Londres, Bruxelas, entre outras.   


"Uma das características mais excepcionais da madeira é que sempre pode ter uma segunda vida. Em Milão, por exemplo, a árvore 'Vittorio', na Piazza Duomo, será transformada em mobiliário. Já em Roma, a árvore 'Rigoglio', da praça São Pedro, se tornará um brinquedo de madeira", explicou Antonio Brunori, secretário do PEFC.   


Segundo ele, "até o abeto de 22 metros, o famoso 'Spelacchio' ("pelado", em tradução livre) poderá potencialmente transformar seus dois metros cúbicos de madeira em móveis ou milhares de lápis de estudantes".   


"A eliminação correta das árvores da cidade que atingiram o fim da vida é, antes de tudo, um gesto simbólico capaz de mostrar a todos os cidadãos os valores de uma árvore não só como adorno passageiro no período natalino, mas também como fonte de nova vida ou novos objetos ao longo prazo", finalizou Brunori. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos