Vazamentos de gás matam 6 pessoas em um dia na Itália

ALESSANDRIA, 08 JAN (ANSA) - Um vazamento de monóxido de carbono matou uma família de três pessoas em Vignole Borbera, no Piemonte, noroeste da Itália.   

Os corpos de um homem de 49 anos, de seu filho, de 20, e de sua atual companheira, de 44, foram encontrados nesta segunda-feira (8), dentro de uma casa antiga onde eles residiam.   

Segundo os investigadores, o jovem estava de pijama em um sofá, a mulher, deitada na cama, e o homem, no chão, perto de uma janela.   

O vazamento teria sido causado pelo mau funcionamento de uma caldeira de gás metano situada no interior da habitação. O dia exato do falecimento dos três deve ser confirmado pela autópsia.   

Também nesta segunda, outras três pessoas morreram na Itália por intoxicação por monóxido de carbono, incluindo um casal de idosos de Dignano, em Friuli-Veneza Giulia, e uma mulher de Savona, na Ligúria.   

Nos dois casos, suspeita-se de vazamentos no sistema de aquecimento das residências. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos