Aos 76 anos, morre o filósofo italiano Mario Perniola

ROMA, 9 JAN (ANSA) - Morreu na madrugada desta terça-feira (9), aos 76 anos, o filósofo e escritor italiano Mario Perniola, informa a família do artista. De acordo com os familiares, ele faleceu de causas naturais em sua casa em Roma por volta das 4h (hora local).   


Nascido em Asti em 20 de maio de 1941, Perniola era conhecido como um dos maiores estudiosos da estética e da arte italiana contemporânea, bem como sobre os movimentos de "contra-cultura".   


Seu último trabalho sobre o tema, inclusive, foi lançado em 2017.   


Considerado um "pensador transgressivo", ele também estudava a cultura francesa e buscava novos territórios de investigação que o tornavam um filósofo "não acadêmico". Ele ainda gostava de cruzar as informações de como os diferentes campos da arte - bem como dos movimentos políticos ligadas à elas - interferiam nas criações contemporâneas do país.   


Perniola ainda escreveu diversos livros, inclusive romances, e analisou de maneira profunda os efeitos da mídia na vida e na filosofia. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos