'Italianos estão falando menos dialeto', diz estudo

ROMA, 9 JAN (ANSA) - O número de italianos que falam dialetos locais novamente caiu e somente 14,1% da população continua usando os idiomas característicos de regiões da Itália em suas casas, informou o Instituto Italiano de Estatísticas (Istat, na sigla em italiano).   


Em uma pesquisa realizada com cidadãos a partir dos seis anos de idade, em 2015, cerca de 27 milhões de pessoas, o equivalente a 45,9%, afirmaram usar mais o italiano, enquanto que 32,2% falavam dialeto e italiano e 6,9% usava outro idioma para se comunicar. Segundo o estudo, a disseminação de idiomas diferentes do italiano e do dialeto no contexto familiar registrou um aumento significativo, especialmente entre as pessoas de 25 a 34 anos de idade, de 3,7% em 2000, subiu 8,4% em 2006, e depois para 12,1% em 2015.   


Neste período, o uso exclusivo do dialeto também diminuiu entre os italianos mais antigos, mesmo que continuem falando. Em 2006, 37,1% dos idosos usavam o dialeto. Já em 2017, o número caiu para 32%. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos