Harvey Weinstein é agredido em restaurante nos EUA

NOVA YORK, 10 JAN (ANSA) - O produtor de Hollywood Harvey Weinstein foi agredido em um restaurante em Scottsdale, no estado norte-americano de Arizona, por outro cliente do local.   

Ele estava ao lado de um funcionário do centro de reabilitação onde está se tratando.   

"Você é um pedaço de m...", disse o agressor, que parecia embriagado, depois de acertar Weinstein com dois tapas na cara.   

O produtor chegou a perder o equilíbrio, mas não caiu.   

Uma pessoa que filmava o episódio perguntou a Weinstein se ele queria denunciar a agressão, mas o cofundador da Miramax se recusou e deixou o restaurante. Aos 65 anos, Weinstein viu sua carreira como um dos mais poderosos produtores de Hollywood desmoronar após dezenas de denúncias de assédio sexual e até estupro.   

A lista de mulheres que o acusam inclui estrelas como Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Cara Delevingne, Léa Seydoux e Asia Argento. Por conta das denúncias, que desencadearam um movimento contra o sexismo na indústria do entretenimento, Weinstein passou a se tratar em uma clínica de reabilitação. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos