Governo é alvo de piadas na web por homenagem à tela Abaporu

SÃO PAULO, 12 JAN (ANSA) - A conta do Twitter do Palácio do Planalto foi alvo de piadas na tarde desta quinta-feira (11) após publicar uma homenagem à tela "Abaporu", de Tarsila do Amaral. Chamando a obra de ''a pintura brasileira mais famosa do mundo'', o perfil compartilhou uma montagem com uma versão estilizada da tela original.   


Poucos minutos depois da publicação da pintura, que está completando 90 anos, diversos usuários ironizaram a adaptação feita pelo governo.   


De acordo com o Departamento de Conteúdo Digital da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) do Planalto, a "homenagem teve mais reação positiva que ofensas. No entanto, entendemos que a trolagem faz parte do universo das redes sociais".   


Considerada referência do modernismo brasileiro, a obra é uma das mais valiosas, avaliada em US$40 milhões. O quadro foi batizado como Abaporu, que significa "o homem que come" em tupi-guarani. Esse foi o início do movimento Antropofágico, que propunha deglutir a arte europeia e transformá-la em algo mais brasileiro.   


O Abaporu tem pernas e mãos grandes demais, que valorizam o trabalho braçal pelo qual passavam os trabalhadores do país. A sua cabeça, porém, é menor do que os outros membros, criticando a desvalorização do trabalho mental e intelectual na época. Em 1995, a tela à óleo foi comprada pelo argentino Eduardo Costantini por US$ 2,5 milhões, e atualmente está exposta no Malba (Museu de Arte Latinoamericana de Buenos Aires), na Argentina. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos