Naufrágio do Costa Concordia completa 6 anos neste sábado

SÃO PAULO, 12 JAN (ANSA) - O naufrágio do navio de cruzeiros Costa Concordia, na ilha de Giglio, na Itália, completa seis anos neste sábado (13). Às 21h45 de 13 de janeiro de 2012, a embarcação bateu em uma rocha e tombou nas águas da ilha italiana. O navio levava 3.216 passageiros e 1.013 membros da tripulação. O acidente foi provocado por uma manobra errada do comandante Francesco Schettino e deixou 32 mortos e 157 feridos. Chamado de "capitão covarde" por ter sido um dos primeiros a abandonar o navio, Schettino foi condenado em uma última a 16 anos de prisão, pena que já cumpre há oito meses no centro de detenção de Rebibbia, em Roma.   

Do navio, também não resta mais nada. Depois de uma operação inédita no mundo, a qual durou três anos, especialistas conseguiram desencalhar o cruzeiro e levá-lo a um estaleiro em Gênova para ser desmontado. Os moradores da ilha de Giglio, no entanto, permanecem à espera de uma indenização ambiental e por prejuízos com o acidente. Enquanto esperam o final desta história, irá se repetir, seguindo a tradição de todo 13 de janeiro, a celebração de uma missa na Igreja dos Santos Lorenzo e Mamiliano em homenagem às vítimas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos