Irã se recusa a alterar termos de acordo nuclear com EUA

TEERÃ, 13 JAN (ANSA) - O Irão anunciou hoje (13) que não aceitará nenhuma mudança no acordo nuclear assinado com a comunidade internacional em 2015 e negociado com os Estados Unidos. Em um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores de Teerã alegou que o acordo é "inegociável".   

A declaração do Irã vem um dia após o presidente norte-americano, Donald Trump, dar um ultimato ao governo de Teerã. O republicano estendeu nesta sexta-feira (12) o acordo nuclear firmado com o Irã, mas disse que seria a última vez, pois dará uma chance para os signatários, incluindo os aliados dos EUA, "corrigirem as falhas".   

Desde que estava em campanha eleitora à Presidência, Trump critica os termos do acordo nuclear negociado por seu antecessor, Barack Obama. De acordo com o republicado, o acordo contém falhas "imperdoáveis".   

"O governo dos Estados Unidos e todos os outros signatários do acordo deverão cumprir seus compromissos. Caso contrário, serão responsáveis por qualquer consequência", disse o Ministério iraniano. O acordo de 2015 retirou as sanções impostas pelo Ocidente ao Irã devido ao programa nuclear de Teerã. A cada três meses, o pacto deve ser renovado pelos EUA. Em contrapartida, o governo iraniano prometeu não usar o enriquecimento de urânio para fins militares - como a construção de uma bomba nuclear - e permitir inspeções regulares. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos