Catherine Deneuve se desculpa com vítimas de abusos

SÃO PAULO, 15 JAN (ANSA) - A atriz francesa Catherine Deneuve pediu desculpas a todas as vítimas de violência sexual que se sentiram ofendidas com um manifesto que defende o direito do homem de "importunar uma mulher", firmado por ela e mais 99 signatárias.   

Deneuve, 74 anos, sofreu inúmeras críticas ao redor do mundo, dentro e fora de movimentos feministas. Uma semana após a publicação da carta pelo jornal francês "Le Monde", a atriz resolveu se retratar em um novo texto, publicado pelo diário "Libération", no último domingo.   

"Eu amo a liberdade. Não gosto dessa característica de nossa época em que todos se sentem no direito de condenar. Uma época em que uma simples denúncia nas redes sociais leva a punição, demissão e, frequentemente, linchamento midiático", declarou, reivindicando também ser tratada como feminista por ter assinado um manifesto a favor do aborto, em 1971.   

"Saudações com fraternidade a todas as vítimas de atos repugnantes que possam ter se sentido ofendidas por esse texto no 'Le Monde'. É a elas, e unicamente a elas, a quem peço desculpas", escreveu Deneuve.   

O manifesto da atriz foi uma reação aos movimentos que incentivam mulheres a denunciarem casos de violência e assédio sexual. Nele, Deneuve e as outras 99 signatárias afirmam que há um "novo puritanismo no mundo" e defendem a liberdade de os homens "importunarem" as mulheres. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos