Eleição presidencial na República Tcheca vai para 2º turno

PRAGA, 15 JAN (ANSA) - O atual presidente da República Tcheca, Milos Zeman, venceu o primeiro turno das eleições no último sábado (13), mas não garantiu a maioria absoluta, de acordo com a apuração dos votos, e terá que disputar o segundo turno.   

De acordo com o Escritório Estatístico Tcheco, a primeira rodada, realizada em jornada dupla, teve uma taxa de participação de 61,92%. O resultado garantiu a vitória de Zeman, com 38,6% dos votos, contra 26,6% do químico Jiri Drahos.   

Zeman ganhou em todas as regiões do país, com exceção da capital, na qual Drahos está na liderança. Vários candidatos com plataformas similares a de Drahos obtiveram resultados expressivos, e muitos de seus eleitores poderão apoiá-lo em vez de Zeman na segunda votação.   

Com o resultado, os dois se enfrentarão em um segundo turno nos dias 26 e 27 de janeiro. A eleição é vista como uma espécie de referendo sobre Zeman, de 73 anos, que está no cargo desde 2013 e tem criticado a imigração proveniente de países muçulmanos e a decisão da Alemanha de aceitar muitos imigrantes. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos