Mostra em Milão reflete papel das casas contemporâneas

MILÃO, 15 JAN (ANSA) - O prédio da Trienal de Milão inaugurou uma mostra internacional chamada "999, uma coleção de perguntas sobre a vida contemporânea", que apresenta questões sobre as moradias dos dias de hoje, relacionadas às transformações tecnológicas, sociais e econômicas.   


A exposição, em cartaz desde 11 de janeiro, inclui uma grande casa que recria ambientes típicos, situações, atividades e relações do cotidiano. O visitante pode percorrer os cômodos interagindo com novas maneiras de "habitar", partindo "de um futuro que, na realidade, já é o presente".   


A instalação "Cuculluses", uma habitação luminosa e com um grande tear de cordas pretas e brancas, convida o visitante a uma reflexão. É o cômodo "da alma", produzido pela Escola Superior de Arte e projetado por Pamela Campagna.   


De Taiwan, chega uma proposta para tornar mais fáceis as relações em casa e nas cidades, dando destaque para um elemento: uma escada, entendida como uma "ponte" entre os espaços e as pessoas. Já a Nova Academia de Belas Artes retomará o conceito de casas populares, dando visibilidade ao fato de como elas podem proporcionar mais interação entre as pessoas.   


E há soluções também para quem compartilha moradias com desconhecidos, como acontece com quem mora em repúblicas, e para pessoas que sofrem com o mal de Alzheimer, que têm a necessidade de um ambiente mais seguro.   


A exposição ficará em cartaz até 21 de abril, e os ingressos variam de 6,50 a 12 euros. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos