'Temos medo, estamos no limite para guerra nuclear',diz Papa

AVIÃO PAPAL, 15 JAN (ANSA) - O papa Francisco admitiu hoje (15) que teme uma guerra nuclear e alertou que o mundo está "no limite". "Sim, eu tenho medo. Estamos no limite. Basta um incidente qualquer para ativar o gatilho da guerra", disse o líder católico.   

"Precisamos destruir as armas, trabalhar para o desarmamento nuclear", pediu aos jornalistas que o acompanham no voo para o Chile.   

Francisco iniciou hoje uma viagem ao Chile e Peru. No avião da Alitalia que o leva até Santiago, o Papa distribuiu uma foto de dois irmãos vítimas do bombardeio atômico em Nagasaki, no Japão, em 1945, tirada pelo fotógrafo Joseph Roger O'Donnell. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos