Itália salva 1,4 mil migrantes no mar em um dia

ROMA, 16 JAN (ANSA) - A Guarda Costeira da Itália coordenou nesta terça-feira (16) o salvamento de 1,4 mil migrantes forçados no Mar Mediterrâneo Central.   

Ao todo, foram 11 operações, que socorreram sete botes infláveis e quatro barcos, todos eles superlotados. Entre as pessoas resgatadas, as autoridades italianas encontraram dois cadáveres.   

Outro corpo foi achado em uma praia na Sicília.   

Em 2017, o país registrou queda de 34% no número de migrantes forçados resgatados no Mediterrâneo Central, totalizando 2.393 pessoas. Até as 8h desta terça-feira, o Ministério do Interior já contabilizava 974 indivíduos salvos, sobretudo senegaleses (90), tunisianos (67) e nigerianos (56). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos