Itália prepara cerimônias para lembrar vítimas do Rigopiano

FARINDOLA (PESCARA), 17 JAN (ANSA) - O desastre do hotel Rigopiano, em Farindola, na região central da Itália, completa um ano nesta quinta-feira (18), e o comitê de vítimas da tragédia realizará um dia de homenagens para relembrar os 29 mortos no incidente.   

A programação prevê, pela manhã, um momento privado de recolhimento e oração, em frente ao ponto onde ficava o Rigopiano. Em seguida, às 10h30 (horário local), as pessoas seguirão em procissão até a igreja paroquial, onde será celebrada uma missa pelo arcebispo de Pescara, Tommaso Valentinetti.   

Além disso, o religioso abençoará 29 mudas de carvalho - uma para cada vítima do desastre -, antes de elas serem plantadas.   

Na parte da tarde, haverá um evento no Penne Sports Hall, local que serviu de base para os socorristas durante os dias de buscas pelas pessoas soterradas. Alguns poemas dedicados às vítimas também serão lidos.   

As comemorações serão encerradas com canções do coral "Monte Camicia", da cidade de Penne. No dia 18 de janeiro de 2017, uma avalanche, provavelmente causada pela série de terremotos no centro da Itália, devastou totalmente o hotel Rigopiano, deixando 29 mortos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos