Mulher morre de infarto após missa do Papa no Chile

SANTIAGO, 18 JAN (ANSA) - Um mulher de 47 anos, identificada como Paulina Aranguiz Guzman, morreu na tarde desta quarta-feira (17) após participar da missa com o papa Francisco no aeroporto de Manquehue, em Temuco, no Chile.   

De acordo com a mídia local, o calor e a longa caminhada para sair do local podem ter contribuído para ela sofrer um infarto fulminante. Os socorristas que estavam no evento tentaram reanimá-la assim que foram notificados, mas não tiveram sucesso.   

A mãe da chilena informou aos jornalistas que acompanhavam a cerimônia que Guzman já sofria de problemas cardíacos e estava aguardando uma cirurgia por conta da doença.   

Durante a celebração no local, que contou com cerca de 200 mil pessoas, os bombeiros chegaram a esguichar água sobre os fiéis para tentar amenizar o calor no local. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos