Coreia do Norte cancela missão de reconhecimento no Sul

PEQUIM, 19 JAN (ANSA) - A Coreia do Norte cancelou repentinamente o envio de uma delegação de sete pessoas para fazer o reconhecimento dos locais de exibição de seus grupos artísticos em Seul e Gangneung, na Coreia do Sul, por ocasião dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, entre 9 e 25 de fevereiro.   

A visita aconteceria neste sábado (20), como parte do processo de reaproximação entre os dois países, mas acabou desmarcada sem mais explicações. A missão norte-coreana verificaria os lugares de apresentação de sua delegação artística, que incluirá 80 membros da Orquestra Samjiyon e 60 cantores e dançarinos.   

"Por volta de 10h da noite, o Norte informou o Sul que suspenderia a viagem de sua equipe de reconhecimento", afirmou o Ministério da Unificação da Coreia do Sul. Ainda não se sabe se a visita foi cancelada de maneira definitiva ou apenas adiada.   

Seul afirmou que descobrirá os detalhes neste sábado (20), através da recém-restabelecida linha de comunicação com Pyongyang. A reaproximação entre Sul e Norte aconteceu após Kim Jong-un ter desejado "sucesso" na realização dos Jogos de PyeongChang em seu discurso de fim de ano.   

Em seguida, os dois países retomaram as conversas e concordaram com a participação de atletas norte-coreanos nas Olimpíadas.   

Além disso, as duas nações desfilarão juntas na cerimônia de abertura. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos