UE dá multa de quase 1bi de euros a Qualcomm por caso Apple

BRUXELAS, 24 JAN (ANSA) - A Comissão Europeia puniu em 997 milhões de euros a empresa norte-americana Qualcomm por "abusar de posição dominante no mercado" em um caso envolvendo a Apple.   

De acordo com a entidade, a companhia pagou milhões de dólares para que a empresa da maçã não comprasse chips de suas rivais.   

"A Qualcomm manteve ilegalmente seus rivais fora do mercado por mais de cinco anos", explicou a comissária sobre Concorrência da União Europeia, Margrethe Vestager. Segundo a representante, essa postura "negou aos consumidores e a outras empresas a possibilidade da escolha e da inovação".   

O chip produzido pela Qualcomm, a maior produtora do produto no mundo, permitem aos smartphones e aos tablets a possibilidade de se conectar à rede de celular e são usados para a transmissão de dados e voz. Nessa área, há outras empresas que atuam com a tecnologia, como no caso da Intel.   

Em 2011, a Qualcomm fez um acordo com a Apple comprometendo-se a enviar valores significativos para que a marca comprasse dela os chips para os iPhones e iPads. O acordo foi renovado em 2013, com prorrogação até 2016, e dizia que esses pagamentos seriam suspensos se a Apple comprasse chips das concorrentes - além da marca precisar devolver parte dos valores já pagos.   

"Isso significa que foi negado aos rivais da Qualcomm a disputa por um negócio significativo com a Apple, independentemente do quanto seu produto era bom", explica ainda a Comissão. Segundo a investigação, há documentos que provam que a dona dos iPhones tentou negociar com a Intel, mas o acordo com a Qualcomm "foi um fator material para que isso não acontecesse".   

Apenas em setembro de 2016, após o fim do acordo, a Apple começou a comprar parte de seus processadores e chips da Intel.   

O valor da multa corresponde 4,9% do faturamento da empresa norte-americana em 2017 e leva em consideração a duração da infração. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos