França reduz penalização por consumo de maconha no país

ROMA, 26 JAN (ANSA) - A França anunciou nesta quinta-feira (25) que irá reduzir a penalização para as pessoas que forem flagradas fumando maconha no país.   

A partir de agora, ao invés de serem sentenciadas a prisão ou levarem multas pesadas, as autoridades francesas vão aplicar sanções no local em que o fumante for flagrado, com valores que vão de 150 a 200 euros. A medida visa economizar o tempo dos policiais.   

"Vamos simplificar as multas para esse delito, não haverá uma descriminalização do uso da maconha", disse o ministro francês do Interior, Gérard Collomb.   

No entanto, Collomb afirmou que o presidente da França, Emmanuel Macron, não seguirá os mesmos passos da Holanda e da Espanha, que liberaram o uso da maconha para pessoas adultas, e nem do Uruguai, que permite o uso recreativo.   

O país possui uma das legislações sobre drogas mais rigorosas do continente europeu. As pessoas que eram flagradas fumando maconha, poderiam sofrer multas de até 3,7 mil euros (cerca de R$ 13 mil), ou inclusive pegar um ano de prisão.   

Com cerca de 700 mil usuários diários da cannabis, a França é um dos países da Europa que mais possui consumidores da droga, segundo estudos do Observatório Francês de Drogas e Toxicomanias (OFDT).   

De acordo com dados da polícia francesa, todo ano, cerca de 140 mil usuários de drogas são investigados. No entanto em 2015, somente 3 mil foram condenadas a penas de prisão.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos