Papa lamenta 'violência desumana' em atentado no Afeganistão

CIDADE DO VATICANO, 28 JAN (ANSA) - O papa Francisco lamentou neste domingo (28) o atentado terrorista cometido ontem (27) em Cabul, no Afeganistão, durante uma cerimônia na basílica de Santa Maria Maggiore, em Roma.   

"Ontem, chegou a dolorosa notícia do Afeganistão de um terrível massacre terrorista cometido na capital Cabul, com mais de 100 mortes e numerosos feridos. Há poucos dias, um outro grave atentado havia semeado morte e terror em um hotel. Até quando o povo afegão deverá suportar essa violência desumana?", disse o Pontífice na celebração.   

Aos fiéis presentes, ele pediu uma "oração em silêncio para todas as vítimas e suas famílias, e por todos aqueles que, naquele país, continuam a trabalhar para construir a paz".   

Neste sábado, o governo afegão informou que o número de mortos no massacre subiu para 103 e que 235 ficaram feridos. A ação foi reivindicada pelos terroristas do Talibã. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos