Aviões da Turquia destroem templo de 3 mil anos na Síria

BEIRUTE, 29 JAN (ANSA) - Forças aéreas da Turquia bombardearam o templo histórico de Ain Dara, na Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos neste domingo (28). De acordo com a ONG, os bombardeios aconteceram no sábado (27), na região de Ain Dara. Até então, não havia mais informações.   

Mas, o governo sírio ressaltou que o sítio arqueológico é alvo de ofensivas aéreas e terrestres há 10 dias e que está "parcialmente destruído". Pela internet e na página da ONG circulam imagens do bombardeio, que mostram como o local ficou reduzido a escombros. O templo de Ain Dara é datado da Idade do Ferro - de aproximadamente 3 mil anos atrás - e fica localizado no enclave curdo-sírio, a noroeste da cidade de Aleppo. A região também fica próxima da fronteira com a Turquia, país que considera os curdos como terroristas e, que age com ofensivas desde 20 de janeiro para expulsar as milícias curdas do local. Além disso, a Síria é palco de diversos ataques nos últimos anos e teve diversos sítios arqueológicos danificados, dentre eles o de Palmira - destruído pelo grupo extremista Estado Islâmico em 2015. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos