Seul levará 10 mil litros de óleo para Coreia do Norte

PEQUIM, 29 JAN (ANSA) - A Coreia do Sul transportará aproximadamente 10 mil litros de óleo diesel para o resort do Monte Kumgang, na Coreia do Norte, em comemoração às vésperas de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, informou o jornal sul-coreano "Chosun Ilbo" esta segunda-feira (29). Mas, a exportação de produtos petrolíferos refinados - como o diesel - pode violar as sanções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).   

A resolução, aplicada em dezembro de 2017, limita a Coreia do Norte a importar até 500 mil barris de petrolíferos refinados por ano. A quantidade desejada para exportar na ocasião dos Jogos Olimpícos ocuparia mais de 60 barris. "Oficiais da Coreia do Norte disseram que é difícil para eles assegurar uma fonte de energia estável para um evento cultural comum, mas que isso é uma facilidade para a Coreia do Sul, então achamos que deveríamos transportar diesel para lá", disse um funcionário do governo sul-coreano. "Ainda é o começo de um novo ano, então podemos evitar controvérsias sobre possíveis violações de sanções, se reportarmos diretamente ao Conselho de Segurança", completou o oficial. Além disso, em agosto de 2017, o presidente norte-americano, Donald Trump, estabeleceu que ele "deverá designar qualquer pessoa ou agente" que forneça petróleo para a Coreia do Norte.   

Ou seja, em outras palavras, o governo de Seul deverá pedir "permissão" a Washington sobre o caso. De acordo com a fonte oficial do governo sul-coreano, para evitar controvérsias, a prioridade de consulta é com o governo norte-americano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos