Argentina levará nova proposta para acordo UE-Mercosul

BUENOS AIRES, 30 JAN (ANSA) - A Argentina apresentará uma nova oferta em relação ao setor pecuário para destravar as negociações para um acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia.   

Segundo o diário "Clarín", a proposta será levada nesta semana a Bruxelas, sede da UE, e consiste na redução da cota de importação de carne com osso de 400 mil para 150 mil toneladas anuais. Na última rodada de tratativas, o bloco europeu havia oferecido 70 mil toneladas.   

França, Irlanda e Polônia são os países mais resistentes em aumentar os limites para o comércio no setor, já que o Mercosul é o maior fornecedor mundial de carne vermelha. Essas três nações abastecem o mercado europeu e não querem perder espaço para produtores de Brasil e Argentina, por exemplo.   

Os dois blocos têm até 31 de março para fechar um acordo ainda em 2018, já que a lei brasileira impede a assinatura de tratados internacionais menos de nove meses antes da posse de um novo governo, em 1º de janeiro de 2019. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos