Em caminhada pela fé,jovens atravessam Cordilheira dos Andes

BUENOS AIRES, 15 FEV (ANSA) - Cerca de 120 jovens completaram nesta semana uma travessia a pé pela Cordilheira de Andes de 17 dias de viagem. O grupo era formado por jovens de países como Argentina, Chile, Brasil, Paraguai, México, Espanha, Alemanha e Portugal e membros do movimento católico de Schoenstatt.   

A travessia, que tinha começado no dia 20 de janeiro e é conhecida como Cruzada de Maria, incluiu 400 km de caminhada para atravessar os Andes, desde os santuários de Mendonza, na Argentina, até Bellavista, no Chile.   

Os jovens começavam a caminhada todos os dias às 6 h da manhã e andavam durante seis horas, percorrendo de 26 e 34 quilômetros.   

Eles passavam a noite em quartos do exército, acampamentos ou até mesmo ao ar livre.   

A travessia foi criada em 1999 e ocorre a cada quatro anos. Na edição de 2018, o Brasil contou com seis participantes. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos