Ex-conselheiro de Trump depôs por 20 horas sobre Russiagate

NOVA YORK, 16 FEV (ANSA) - O ex-estrategista-chefe da Casa Branca Steve Bannon prestou depoimento por mais de 20 horas para o procurador-especial Robert Mueller, informam fontes ligadas à Casa Branca.   

Bannon teria prestado o depoimento em dois dias sobre as supostas ligações entre a campanha eleitoral do presidente dos EUA, Donald Trump, com o governo russo. Ainda segundo as fontes, ele teria se negado a prestar diversos esclarecimentos e respondeu apenas o que teria "combinado" com o governo do magnata.   

Segundo os democratas que participaram do debate, a postura de Bannon causou irritação tanto nos procuradores como nos membros da oposição, que ameaçam abrir um processo por "ultraje" ao Congresso.   

Bannon é considerado uma das figuras-chave do caso "Russiagate", visto que ele foi o braço-direito de Trump por muito tempo durante a campanha eleitoral e no início do governo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos