Algoritmo controlará acesso de cruzeiros em Veneza

SÃO PAULO, 18 FEV (ANSA) - Um algoritmo controlará o acesso de cruzeiros e grandes navios à Bacia de San Marco, em Veneza, enquanto não entrar em vigor a proibição aprovada pelas autoridades municipais, regionais e nacionais em novembro passado.   

A solução foi desenvolvida pela Capitania dos Portos da capital do Vêneto e já está pronta, aguardando apenas a autorização oficial para ser utilizada. O algoritmo calculará a massa de água deslocada pelos navios, a altura da linha de flutuação e o uso de propulsores para definir se a embarcação poderá ou não entrar na Bacia de San Marco.   

Atualmente, essa decisão é baseada apenas na tonelagem (volume interior total), mas outros fatores podem contribuir para o potencial danoso de um navio, como altura, largura e falta de soluções de baixo impacto ambiental.   

Acredita-se que o elemento mais crítico seja a altura das megaembarcações, o que excluiria da Bacia de San Marco os navios de cruzeiro de última geração, que têm quase 70 metros e 140 mil toneladas de peso.   

No entanto, a solução será temporária, uma vez que já está decidido que, entre três ou quatro anos, navios com mais de 55 mil toneladas deixem de passar pela Bacia de San Marco e pelo Canal de Giudecca, no centro histórico de Veneza. A partir de então, essas embarcações serão deslocadas para o porto comercial de Marghera, que fica no continente.   

A passagem de grandes navios pelo Canal de Giudecca já foi alvo de diversos protestos na capital do Vêneto, inclusive com cidadãos vestidos de piratas e cercando cruzeiros com seus barcos. O Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco também ameaçou colocar Veneza na lista de lugares "em risco" caso as autoridades continuassem permitindo transatlânticos em seu centro histórico. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos