Forças pró-Assad rumam para Afrin, alvo de ofensiva turca

BEIRUTE, 19 FEV (ANSA) - As forças sírias pró-governo ameaçam entrar nas próximas horas no enclave curdo de Afrin, que é alvo de uma operação militar da Turquia. Segundo a TV estatal de Damasco, a contraofensiva é fruto de um acordo entre o regime de Bashar al Assad e as principais milícias curdo-sírias, incluindo aquelas ligadas ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), considerado uma organização terrorista por Ancara.   

"Ninguém pode parar as forças turcas se o regime [sírio] entrar em Afrin para proteger o YPG [Unidade de Proteção Popular]", reagiu o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu. O YPG conquistou importantes territórios na Síria durante o conflito contra o Estado Islâmico (EI), cuja derrota teve participação determinante de milícias curdas.   

Afrin fica no noroeste da Síria, perto da fronteira da Turquia, que deseja expulsar os curdos de uma região de maioria árabe para evitar o nascimento de uma insurreição em seu próprio território. A operação "Ramo de Oliveira" conta com a anuência da Rússia, que, na prática, controla o espaço aéreo sírio.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos