PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Chanceler italiano chega a Brasília e apoia Brasil na Ocde

22/02/2018 15h02

SÃO PAULO, 22 FEV (ANSA) - O ministro das Relações Exteriores da Itália, Angelino Alfano, em visita ao Brasil, foi recebido nesta quinta-feira (22) pelo chanceler Aloysio Nunes, dando sequência à reunião realizada no último mês de novembro, em Roma.   

Segundo a Farnesina (o Ministério das Relações Exteriores do país europeu), Alfano e Nunes reafirmaram seu compromisso de "reforçar a agenda bilateral" e se prontificaram a intensificar o "diálogo sobre temas internacionais".   

Além disso, os ministros defenderam a necessidade de retomar as relações econômicas e os investimentos italianos no mercado brasileiro, principalmente nos setores de infraestrutura, defesa e agroindústria.   

De acordo com o Itamaraty, a reunião também serviria para debater as negociações para o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia, que nos últimos dias ganhou a oposição explícita do ministro de Políticas Agrícolas da Itália, Maurizio Martina, que o considera potencialmente danoso para os agricultores do país.   

Outro tema na agenda era o apoio de Roma à adesão do Brasil à Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (Ocde). "Somos a favor do ingresso do Brasil na Ocde e do acordo UE-Mercosul", garante a Farnesina.   

Em 2017, o intercâmbio comercial entre os dois países foi de US$ 7,5 bilhões, alta de 7% em relação a 2016. No entanto, desde 2013 o indicador acumula queda superior a 30%. A Itália é o segundo principal parceiro comercial do Brasil na Europa e o nono no mundo.   

Alfano já esteve em São Paulo, quando celebrou o Dia Nacional do Imigrante Italiano, e ainda nesta quinta se reunirá com o presidente Michel Temer. Ele também passará por Belo Horizonte e Rio de Janeiro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional