PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Margem do rio Sena, em Paris, voltará a receber carros

22/02/2018 11h02

PARIS, 22 FEV (ANSA) - A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, criticou hoje (22) a decisão do Tribunal Administrativo de revogar um decreto municipal que previa a margem direita do rio Sena ficasse aberta somente para pedestres. A decisão judicial foi tomada ontem e cancelou o decreto aprovado em 18 de outubro de 2016. O Tribunal chegou à conclusão que seria melhor reabrir para o tráfego normal e facilitar o trânsito pela cidade. Para Hidalgo, seu projeto para os pedestres começou a ser abalado quando um relatório da "AirParif", organismo que mede a condição do ar na França, afirmou que substituir pedestres por carros não ajudou a reduzir a poluição no bairro.   

Cerca de 3,3 km da voie-Georges Pompidou (cujo trajeto total é de 12 km) estão fechados desde outubro de 2016. A data de reabertura ainda não foi confirmada. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional