COI retira suspensão da Rússia por escândalo de doping

MOSCOU, 28 FEV (ANSA) - O chefe do Comitê Olímpico da Rússia, Alexander Zhukov, anunciou nesta quarta-feira (28) que o Comitê Olímpico Internacional (COI) retirou a suspensão dos russos e recolocou o país como membro da entidade, após o escândalo de doping.   


"O Comitê Olímpico Russo teve os seus direitos completamente restaurados. É uma decisão de maior importância para nós", disse Zhukov.   


Após o escândalo de doping que abalou o esporte do país, a Rússia foi punida pelo COI em dezembro, sendo parcialmente banido dos Jogos Olímpicos de Inverno, em PyeongChang, na Coreia do Sul. O país teve 168 atletas participando da competição sob bandeira neutra.   


Apesar da punição, dois atletas russos caíram no exame antidoping nos Jogos de Inverno. Um deles foi o atleta de curling Alexander Krushelnitsky, que inclusive perdeu a medalha de bronze conquistado na competição. Já o segundo caso foi de Nadezhda Sergeeva, do bobsled feminino.   


Em PyeongChang, a delegação dos Atletas Olímpicos da Rússia encerram a competição com 17 medalhas, sendo duas de ouro, seis de prata e nove de bronze. A Rússia terminou o quadro de medalhas na 13ª posição.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos