Após Mdic, UE fala com Whirlpool sobre 'caso Embraco'

BRUXELAS E ROMA, 1 MAR (ANSA) - O presidente do Parlamento Europeu, o italiano Antonio Tajani, conversou nesta quinta-feira (1) com a direção da Whirlpool na tentativa de alcançar um acordo sobre a polêmica mudança da subsidiária brasileira Embraco da Itália.   

"Longa conversa sobre Embraco, com Marc Bitz, CEO mundial da Whirlpool. Estamos trabalhando construtivamente para uma solução positiva para os funcionários da empresa de Chieri. Não será fácil, mas como prometido, vou fazer tudo", escreveu Tajani em sua conta no Twitter.   

Ontem (28), o presidente do Parlamento recebeu uma delegação de trabalhadores da Embraco acompanhados pelo governador do Piemonte, Sergio Chiamparino. Além disso, Tajani falou com o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil(Mdic), Marcos Jorge, sobre a crise envolvendo a empresa brasileira.   

Segundo o italiano, Jorge "assegurou que fará todo o possível para dar uma mão e a convocar a empresa para entender a situação".   

Nesta tarde, alguns representantes da Whirlpool visitam o Ministério do Desenvolvimento Econômico para debater as conversas entre o ministro do Desenvolvimento, Carlo Calenda, e Bitzer realizadas ontem (28). Lá, eles vão verificar se será possível chegar a algum acordo positivo.   

A empresa brasileira, controlada pelo grupo norte-americano, se envolveu em uma polêmica na Itália e Europa após anunciar o fechamento de sua fábrica em Riva presso Chieri, nos arredores de Turim, para transferi-la para a Eslováquia. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos