Comícios vão encerrar campanha eleitoral na Itália

ROMA, 2 MAR (ANSA) - As cidades italianas estão se preparando para os diversas comícios previstos para a noite desta sexta-feira (2) que vão marcar o encerramento da campanha eleitoral no país.   

Todos os líderes da disputa às legislativas da Itália lançarão seus últimos apelos aos cidadãos, tendo em visto o pleito do próximo domingo (4).   

O Movimento 5 Estrelas (M5S) atenderá seus simpatizantes na piazza del Popolo, em Roma, entre às 17h e 22h30 (horário local). A manifestação contará com a presença do candidato a primeiro-ministro Luigi Di Maio, do ex-comediante e fundador do partido, Beppe Grillo, do deputado Alessandro Di Battista, juntamente com a prefeita de Roma, Virginia Raggi, e o candidato para a região de Lazio, Roberta Lombardi.   

Por sua vez, o partido Democrático (PD) optou por fazer atos menores, mas em "100 cidades". No entanto, o ex-primeiro-ministro Matteo Renzi irá se concentrar em Florença, mas por causa das baixas temperaturas, o último compromisso de sua campanha eleitoral será realizado em local coberto, no teatro Obihall, na piazza Michelangelo, a partir das 21h (horário local).   

Já o atual primeiro-ministro, Paollo Gentiloni, também do PD, estará no centro de Roma. Ele preferiu por fazer uma manifestação de encerramento em dois eventos sócio-institucionais: pela manhã visitará Hospital San Carlo di Nancy, onde vai inaugurar cinco salas operatórias, e à tarde irá para um centro de idosos no barro de Esquilino.   

A coalizão de esquerda Livres e Iguais (LeU), formada por dissidentes do PD, vai se reunir na piazza Verdi às 18h (horário local) com Pietro Grasso, Pippo Civati, Nicola Fratoianni, Roberto Speranza, Rossella Muroni, Anna Falcone e Claudio Fava.   

A presidente da Câmara dos Deputados, Laura Boldini, no entanto, estará em Milão, a partir das 19h, no círculo Arci Corvetto, em apoio ao candidato para a região da Lombardia Honorius Rosati.   

O ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi aproveitará o dia para lançar seu último apelo pela TV, enquanto o eurodeputado da Liga Norte, Matteo Salvini, encerrará sua campanha eleitoral em Milão, às 17h30, no auditório de Bonola, apoiando o candidato para a região da Lombardia, Attilio Fontana.   

Giorgia Meloni, do ultracionalista Irmãos da Itália (FDI), fará um discurso na piazza del Popolo, às 19h. Já o candidato do Força Itália (FI), Stefano Parisi, encontrará seus seguidores das 19h até meia-noite, em Roma, na piazza della Rotonda.   

Os políticos do "Nós com a Itália-UDC" vão se encontrar no Templo de Adriano, na piazza di Pietra, às 11h, onde Raffaele Fitto, Lorenzo Cesa e Maurizio Lupi também estarão presentes.   

Beatrice Lorenzin, líder do Cívica Popular, fechará a campanha eleitoral em Modena, às 18h15, no teatro Michelangelo.   

A ex-ministra das Relações Exteriores, Emma Bonino, marcou um encontro com os seguidores de +Europa em Roma, a partir das 16h30, no Life Hotel. Por fim, o partido de extrema esquerda Poder ao Povo (PaP) finalizará sua campanha em Nápoles, com um concerto na piazza Dante, às 21h. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos