PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Salvini cogita apoiar principal bandeira do M5S

26/03/2018 19h59

MILÃO, 26 MAR (ANSA) - O postulante da Liga ao cargo de primeiro-ministro, Matteo Salvini, deu sinais nesta segunda-feira (26) de que pode apoiar a principal bandeira do partido antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S): a renda de cidadania.   

Similar ao "Bolsa Família", o programa prevê o pagamento de um valor mensal para que pessoas que ganhem menos de 780 euros por mês saiam da faixa de pobreza. Além disso, o benefício seria cortado caso o cidadão recusasse mais de três propostas de emprego.   

"Se a renda de cidadania fosse pagar as pessoas para ficarem em casa, eu digo 'não'. Mas se fosse um instrumento para reintroduzir no mercado de trabalho, então 'sim'", afirmou Salvini.   

Como nenhum partido obteve a maioria no Parlamento, cogita-se a hipótese de um governo entre a Liga e o M5S, legendas populistas que compartilham pautas em comum sobre imigração e União Europeia.   

No entanto, para isso Salvini teria de abrir mão da cadeira de primeiro-ministro, que é pleiteada por Luigi Di Maio, líder do movimento antissistema. O M5S tem cerca de 35% dos assentos na Câmara e no Senado, contra 18% da Liga.   

As consultas com o presidente Sergio Mattarella para a formação do governo devem começar no dia 3 de abril. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional