Topo

Ataques de Trump fazem Amazon perder bilhões em uma semana

03/04/2018 19h54

WASHINGTON, 03 ABR (ANSA) - A empresa de comércio eletrônico Amazon vem sofrendo ataques do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desde quinta-feira passada (30) e viu suas ações em Wall Street despencarem.   

Desde o início da semana passada, os papéis da empresa norte-americana tiveram uma desvalorização de quase 10%, fazendo o grupo perder dezenas de bilhões de euros em valor de mercado.   

Os problemas começaram após Trump dizer que o serviço postal dos EUA é "tolo", pois "perde muito dinheiro" com a Amazon.   

"Eles perdem uma fortuna, e isso será mudado. Além disso, nossos varejistas que pagam seus impostos integralmente estão fechando lojas em todo o país... Não é uma igualdade de condições!", escreveu o presidente no Twitter.   

De acordo com a revista norte-americana "Vanity Fair", o líder tem sido orientado a cancelar as negociações entre o Pentágono e a companhia referentes a serviços de computação na nuvem, sob o pretexto de que ela está lucrando sobre os correios norte-americanos.   

Na semana passada, o presidente já havia publicado críticas na rede social, alegando que a companhia paga "pouco ou nenhum imposto" ao governo. "Esta falcatrua contra o serviço postal tem de parar - a Amazon tem de pagar os custos reais (e impostos) agora!", tuitou Trump no sábado (31).   

A briga com a Amazon, entretanto, é antiga. Na campanha presidencial de 2016, o republicano era frequentemente criticado em editoriais do "Washington Post", cujo proprietário é Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon.   

Trump, por sua vez, disse, na época, que Bezos utilizava o diário "por poder, para que os políticos em Washington não taxem a Amazon como deveriam". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.