Topo

Spotify estreia em Wall Street e vale US$ 27 bilhões

03/04/2018 15h30

ROMA, 03 ABR (ANSA) - O serviço de streaming de músicas Spotify estreou nesta terça-feira (3) na Bolsa de Valores de Nova York e transformou em bilionários seus dois fundadores, os suecos Daniel Ek, 35 anos, e Martin Lorentzon, 49.   

A empresa desembarcou na New York Stock Exchange (Nyse), em Wall Street, com o preço de US$ 165,9 por ação, acima da expectativa do mercado. Os papéis do Spotify são identificados pelo nome "Spot".   

Após ter atingido o pico de US$ 168,5, as ações da companhia agora são cotadas por volta de US$ 156, sendo que o preço de referência estipulado pela Nyse era de US$ 132. Com isso, o valor de mercado do Spotify é de aproximadamente US$ 27,7 bilhões.   

Com uma fatia de 9,2% da empresa, o CEO Daniel Ek tem agora uma fortuna de pelo menos US$ 2,5 bilhões, enquanto Lorentzon, com 12,25%, possui US$ 3,4 bilhões.   

Lançado em 2008, o serviço de streaming está presente em 60 países e possui 157 milhões de usuários, sendo que 71 milhões são pagantes. Seu catálogo musical inclui 35 milhões de canções e 2 bilhões de playlists.   

O objetivo do Spotify é captar recursos no mercado financeiro para frear o avanço da concorrente Apple Music. Em 2017, suas receitas chegaram a 4,09 bilhões de euros, mas a empresa ainda não consegue dar lucro.   

O serviço também é frequentemente acusado de pagar pouco em direitos autorais aos artistas, cerca de US$ 7,5 para cada mil audições de uma música, mais que o YouTube (US$ 1,5), porém menos que a Apple Music (US$ 12). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.