Turista russa pagará 18 mil euros por parto na Itália

TRENTO, 03 ABR (ANSA) - Uma turista russa que entrou em trabalho de parto durante uma viagem à Itália deverá pagar 18 mil euros pelas despesas médicas com o bebê.   

O caso aconteceu na cidade de Moena, na província de Trento.   

Anastacia, que estava com seu marido, sentiu contrações e teve de ser levada a um hospital.   

No entanto, o seguro viagem não cobria tais custos. No total, o casal deverá pagar 3 mil euros pelo parto e 15 mil pela internação.   

O bebê nasceu prematuro e está internado, portanto a dívida pode se tornar ainda maior, até por conta de não existir um acordo sanitário entre Rússia e Itália.   

O casal pensou em pedir uma "permissão de residência" no país para pode usufruir do sistema de saúde. Contudo, não poderia solicitá-lo até maio, quando encerrará seu visto turístico italiano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos