França prorrogará controle de fronteiras por 6 meses

BRUXELAS, 04 ABR (ANSA) - O governo da França notificou a União Europeia sobre a prorrogação por mais seis meses dos controles nas fronteiras dentro da Área Schengen, zona de livre circulação dentro do bloco.   

Paris justificou a decisão com o "risco de terrorismo".   

Bruxelas, que insiste na necessidade de se retornar à normalidade, analisará a medida. Inicialmente, os controles de fronteira na França terminariam em abril, mas agora foram estendidos até outubro.   

Ainda não foram registradas notificações da Alemanha e da Áustria, mas os dois países expressaram a intenção de prorrogar a fiscalização nas fronteiras dentro da Área Schengen, prevista para terminar em maio.   

No entanto, a Comissão Europeia apresentou uma proposta em outubro para permitir monitoramento nas fronteiras internas do Acordo de Schengen por até três anos, para conter a ameaça terrorista. A proposta foi impulsionada por França, Alemanha, Áustria, Dinamarca e Noruega. O Acordo de Schengen permite a livre circulação entre os países-membros da União Europeia. Contudo, com a ameaça terrorista e a crise migratória, o tratado tem sido questionado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos