Turistas italianos sequestrados em Camarões são libertados

ROMA, 4 ABR (ANSA) - Doze turistas europeus, sendo cinco italianos e sete suíços, foram libertados nesta quarta-feira (4) pelo Exército de Camarões depois de terem sido sequestrados por um grupo separatista na cidade de Moungo-Ndor, no sudoeste do país.   

De acordo com a imprensa local, os turistas faziam parte do grupo "African Adventure" e visitavam dois lagos surgidos de crateras no monte Manenguba na última segunda-feira (2) quando foram sequestrados.   

"Os sete turistas suíços e cinco italianos libertados foram sequestrados na segunda-feira em Nguti, no sudoeste", informou o ministro de Comunicação, Issa Tchiroma Bakary.   

Segundo a TV pública do país, os criminosos faziam parte de um braço armado dos grupos separatistas da zona anglófona de Camarões, que operam na área de Nguti.   

Após ser mantido em cativeiro por várias horas, o grupo foi libertado depois de uma operação do Exército matar "uma dezena de terroristas", ressaltou o ministro.   

Todos os estrangeiros passam bem e já se encontraram com o ministro das Relações Exteriores de Camarões e com embaixadores da Itália e da Suíça no país, informou a imprensa local. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos