Zuckerberg testemunhará nos EUA dia 11 de abril sobre FB

WASHINGTON, 4 ABR (ANSA) - O CEO e fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, vai testemunhar perante ao Congresso dos Estados Unidos no dia 11 de abril, para esclarecer o posicionamento da empresa no vazamento de dados de mais de 50 milhões de usuários usados para fins eleitorais pela empresa britânica Cambridge Analytica, informou nesta quarta-feira (4) o comitê de Comércio e Energia da Câmara de Representantes. De acordo com Greg Walden, representante republicano do comitê, e Frank Pallone, integrante democrata, a audiência será uma oportunidade importante para esclarecer as questões de privacidade dos dados dos usuários.   

"Apreciamos que Zuckerberg deseje testemunhar ante o comitê, e esperamos que ele responda as nossas perguntas em 11 de abril", acrescentaram em comunicado.   

O Facebook enfrenta um escândalo de vazamento de dados de mais de 50 milhões de usuários usados para interferir nos resultados das eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2016, na qual Donald Trump saiu vencedor, e também do Brexit. A polêmica fez Zuckerberg pedir desculpas pelos erros da rede social e prometer medidas mais rígidas de prevenção a privacidade, principalmente, para restringir o acesso de desenvolvedores de aplicativos às informações de seus usuários.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos