Topo

Mais de 100 venezuelanos são levados de Roraima para SP

05/04/2018 16h02

SÃO PAULO, 05 ABR (ANSA) - Imigrantes e refugiados venezuelanos que estavam abrigados em Roraima iniciaram, nesta quinta-feira (5), o processo de transferência para outros estados do Brasil.   


Ao todo, 116 pessoas foram conduzidas por aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para São Paulo. No entanto, até sexta-feira (6), 267 venezuelanos serão levados à capital paulista e a Cuiabá.   


Em São Paulo, eles serão alojados em um Centro Temporário de Acolhida (CTA), no abrigo Missão da Paz e na Casa de Passagem Terra Nova.   


Além disso, há uma parceria entre o governo federal, a Organização das Nações Unidas (ONU) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para oferecer cursos profissionalizantes e ajudá-los a conseguir emprego.   


A Casa Civil também anunciou a liberação de R$ 190 milhões para auxiliar os venezuelanos. A verba será utilizada para assistência emergencial e acolhimento humanitário.   


O processo de interiorização é uma iniciativa do próprio governo para conter o fluxo migratório de venezuelanos na fronteira com Roraima. Segundo estimativas, cerca de 400 cidadãos da Venezuela entram no Brasil pelo estado diariamente. Além disso, a capital Boa Vista conta com mais de 50 mil imigrantes e refugiados.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.