Policiais matam homem negro e gera tensão em Nova York

NOVA YORK, 05 ABR (ANSA) - Em meio a uma série de protestos raciais por todos os Estados Unidos, quatro policiais de Nova York mataram nesta quarta-feira (4) um homem negro supostamente desarmado, gerando uma grande tensão na região do Brooklyn.   

De acordo com o oficial da polícia nova iorquina Terence Monahan, os agentes receberam "três telefonemas diferentes", que denunciavam a presença de um homem "apontando uma arma para as pessoas na rua".   

Com a chegada dos oficiais no local, o suspeito segurava em mãos um objeto semelhante a uma arma e "assumiu uma postura de tiro" contra os policiais, que reagiram e acertaram 10 tiros no homem.   

Ainda segundo Monahan, após os disparos, os oficiais perceberam que o homem portava um "tubo com uma espécie de gatilho" ao invés de uma arma.   

Segundo a mídia local, o homem foi identificado como Saheed Vassell, de 34 anos, e sofria de problemas mentais. No entanto, ele não era considerado violento.   

Depois do incidente, dezenas de pessoas se aglomeraram no local para protestarem contra os quatro agentes envolvidos na morte de Vassell. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos