Após envenenamento, ex-espião russo está fora de perigo

ROMA, 6 ABR (ANSA) - Após o envenenamento com agente nervoso em Salisbury, no Reino Unido, o ex-espião russo Serghei Skripal está respondendo bem ao tratamento médico e não está mais em estado crítico, informou a imprensa local, citando a equipe do Hospital Distrital de Salisbury. De acordo com a médica Christine Blanshard, diretora do centro médico, tanto Skripal quanto sua filha, Yulia, apresentaram melhora no estado clínico. "Como ela mesmo disse, sua força está crescendo a cada dia e espera para o dia em que ela estará bem o suficiente para deixar o hospital", disse.   

Ontem (5), Yulia fez sua primeira declaração pública e afirmou que está "mais forte a cada dia".   

Skripal e sua filha estão internados desde o dia 4 de março, quando foram encontrados desacordados em um banco de um shopping center depois de serem envenenados com um agente nervoso.   

O caso gerou uma crise diplomática entre o Reino Unido e a Rússia, causando a expulsão de diplomatas de ambos os países.   

Além disso, Estados Unidos, Itália e diversos países da União Europeia prestaram solidariedade ao governo britânico e tomaram a mesma medida. A primeira-ministra britânica, Theresa May, acusa Moscou de ser responsável pelo crime. No entanto, a administração de Vladimir Putin nega as acusações. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos