Defesa de Lula entra com habeas corpus para evitar prisão

SÃO PAULO, 6 ABR (ANSA) - A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou na noite desta quinta-feira (5) com um novo pedido de habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça na tentativa de impedir a prisão do petista. Ontem (5), o juiz Sérgio Moro determinou que Lula se entregue à Polícia Federal (PF) até às 17h (horário local) desta quinta.No entanto, o ex-presidente ainda não decidiu qual atitude tomar.   


No novo pedido, os advogados usam o argumento de que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) antecipou a execução da pena porque a determinou antes da publicação do acórdão do julgamento dos embargos de declaração apresentado pela defesa.   


"A defesa sequer foi intimada do acórdão que julgou os embargos de declaração em sessão de julgamento ocorrida no último dia 23/03. Desse acórdão ainda seria possível, em tese, a apresentação de novos embargos de declaração para o TRF-4", diz o comunicado da defesa.   


No texto, a medida de Moro também foi condenada porque "contraria" a decisão do TRF-4. ""A expedição de mandado de prisão nesta data contraria decisão proferida pelo próprio TRF-4 no dia 24/01". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos