Topo

Líder anti-imigrantes caminha para 4º mandato na Hungria

08/04/2018 11h34

ROMA, 08 ABR (ANSA) - A Hungria vai às urnas neste domingo (8) para as eleições parlamentares, que têm como favorito o primeiro-ministro nacional-populista Viktor Orbán, de 54 anos.   

Ele tenta obter seu terceiro mandato consecutivo e o quarto desde 1998.   

Líder do grupo Viségrad, que também reúne Polônia, Eslováquia e República Tcheca e representa o principal entrave às políticas de acolhimento da União Europeia, Orbán calcou sua campanha no combate à migração em massa e afirmou que é o único capaz de "defender a nação" da "invasão muçulmana".   

Segundo as pesquisas, seu partido, a Aliança Cívica Húngara (Fidesz), tem 40% da preferência. Muitos de seus eleitores acreditam na narrativa de que o bilionário húngaro-americano George Soros, por meio de seus "agentes", como ONGs pró-direitos humanos, está preparando uma invasão migratória no país.   

Seus principais adversários são Gergely Karácsony, da coalizão verde-socialista, e o nacionalista Gábor Vona. Cerca de 8,3 milhões de eleitores podem participar, e a afluência até 15h (horário local) era de 53,64%. As urnas fecham às 19h. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.