Líder anti-imigrantes obtém 3º mandato na Hungria

ROMA, 9 ABR (ANSA) - Com 49% dos votos, o partido do primeiro-ministro, Viktor Orbán, saiu vitorioso na eleição parlamentar da Hungria, ocorrida neste domingo (8).   

A vitória garante ao premier húngaro seu terceiro mandato consecutivo e o quarto desde 1998. A legenda conquistou mais de dois terços do parlamento, o que garante a maioria suficiente para fazer alterações na Constituição, segundo o Escritório Nacional Eleitoral.   

Líder do grupo Viségrad, que também reúne Polônia, Eslováquia e República Tcheca e representa o principal entrave às políticas de acolhimento da União Europeia, Orbán calcou sua campanha no combate à migração em massa e afirmou que é o único capaz de "defender a nação" da "invasão muçulmana". Muitos de seus eleitores acreditam na narrativa de que o bilionário húngaro-americano George Soros, por meio de seus "agentes", como ONGs pró-direitos humanos, está preparando uma invasão migratória no país. Seus principais adversários foram Gergely Karácsony, da coalizão verde-socialista, e o nacionalista Gábor Vona. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos