Reunião entre Trump e Kim acontecerá em até dois meses

WASHINGTON, 9 ABR (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta segunda-feira (9) que o encontro com o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, acontecerá "em maio ou no início de junho". O local não foi revelado.   

A reunião histórica está sendo negociada, em confidencialidade, pelos dois países desde que Kim surpreendeu ao convidar o republicano para um diálogo. Ontem (8), a Coreia do Norte afirmou, pela primeira vez, que está disposta a discutir sobre o fim de seu programa nuclear com Trump, segundo declaração de um funcionário da Casa Branca.   

De acordo com o porta-voz, agentes de ambos os países estão mantendo em sigilo contatos entre si. Em uma das mensagens, Pyongyang teria afirmado que gostaria de agendar uma reunião sobre a desnuclearização do país.   

A relação entre Washington e Pyongyang aconteceu graças à mediação da Coreia do Sul. Trump vem confiando nas garantias do chefe de Estado sul-coreano, Moon Jae-In, sobre as intenções de Kim.   

No início de março, Kim enviou uma mensagem ao magnata norte-americano por meio de Chung Eui-Yong, conselheiro da Segurança Nacional da Coreia do Sul. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos