Topo

Após queda no GP da Argentina, Rossi critica Marc Márquez

10/04/2018 09h40

ROMA, 10 ABR (ANSA) - A polêmica entre os pilotos Valentino Rossi e Marc Márquez ganhou mais um capítulo. Após o italiano ter caído na pista por conta de uma manobra do espanhol, Rossi fez duras críticas ao rival.   


Durante a corrida da MotoGP na Argentina, no último domingo (8), Márquez tentou ultrapassar o italiano escorando sua Honda sobre a moto de Rossi, o que ocasionou a queda do piloto da equipe da Yamaha. Pelo caso, o espanhol tomou 30 segundos de penalidade.   


"Esta é uma situação muito ruim, porque ele acaba com a imagem do nosso esporte, porque ele não tem nenhum respeito por seus rivais, nunca. Quando você vai a 300km/h na pista, tem de ter um respeito pelo seu rival, você tem de ser forte, você tem de fazer o máximo, mas assim está acabado", criticou Rossi.   


"Eu não tenho qualquer relação com Márquez depois de 2015, não muda nada. Se ele não tem respeito por mim, eu não tenho respeito por ele. Eu não me divirto disputando com ele, o Márquez não joga limpo, ele é sujo", acrescentou o italiano.   


Ainda de acordo com Rossi, a manobra realizada pelo espanhol foi antidesportiva e proposital, podendo colocar em risco a segurança de outros pilotos da categoria.   


Nesta terça-feira (10), Carmelo Ezpelete, chefe da Dorna, grupo que comanda a MotoGP, convocou Rossi e Márquez para uma conversa com o objetivo de resolver o incidente da última prova.   


A rivalidade entre os pilotos começou em 2015, quando, no mesmo GP da Argentina, os dois se tocaram e o espanhol caiu, o que levou o italiano ao pódio. No entanto, a grande polêmica foi no GP da Malásia, no mesmo ano. Na ocasião, Rossi brigava pelo título mundial com Jorge Lorenzo, já Márquez corria por fora da disputa. Na prova de Sepang, enquanto Lorenzo disparava na liderança, o espanhol adotou um ritmo lento para segurar o italiano atrás. Rossi perdeu a paciência e jogou o rival no chão.   


Na prova de Valência, Rossi foi obrigado a largar em último por causa de uma punição recebida pela agressão contra Márquez. Ele terminou em quarto lugar e viu Lorenzo ser campeão mundial.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.