Roma alcança 'milagre' e tira Barça da Champions

ROMA, 10 ABR (ANSA) - Na casa do Papa, a Roma conseguiu um milagre. Em um Estádio Olímpico lotado, a 5,5 quilômetros do Vaticano, o clube giallorosso derrotou o temido Barcelona por 3 a 0 e conseguiu uma virada histórica nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.   


Foi consenso na Itália que a goleada por 4 a 1 no Camp Nou não refletiu o desempenho romanista, prejudicado por dois gols contra quando o duelo estava bastante disputado. Mas a Roma não se abateu com a desvantagem e manteve o ímpeto no duelo de volta.   


Logo aos seis minutos, sufocando o Barça, o ídolo e capitão Daniele De Rossi fez um belo lançamento para Dzeko, que abriu o placar e mostrou que o sonho era possível. Os donos da casa seguiram melhores e deram pouco espaço ao clube catalão - que só chegou em bolas paradas -, mas falharam na hora da finalização.   


No entanto, aos 12 minutos da segunda etapa, o atacante bósnio sofreu pênalti de Piqué. Na cobrança, De Rossi, um dos que haviam feito gol contra na semana passada, ampliou o placar e mostrou que o sonho não era apenas possível, mas sim provável.   


Os giallorossi continuaram em cima do Barcelona, que parecia impassível perante a força romanista. A passividade blaugrana era personificada pelo técnico Ernesto Valverde, que só fez a primeira substituição ao 36 minutos do segundo tempo, colocando André Gomes no lugar de Iniesta.   


No entanto, logo em seguida, Manolas, de cabeça, mostrou que o sonho não era apenas provável, mas sim havia se tornado realidade. Nos 10 minutos seguintes, o Barcelona até tentou ensaiar uma pressão, porém não conseguiu assustar o brasileiro Alisson, nem mesmo com um apagado Lionel Messi.   


Essa é apenas a segunda vez na história que a Roma chega às semifinais da Liga dos Campeões da Europa. "Ao menos por uma noite, força, Roma", escreveu no Twitter o primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, torcedor da Juventus.   


Na próxima fase, o clube da capital enfrentará o Liverpool, que eliminou o Manchester City após uma vitória por 2 a 1, e os vencedores dos duelos entre Real Madrid e Juventus (3 a 0) e Bayern de Munique e Sevilla (2 a 1). A Roma entrará como franca-atiradora, mas deixando para trás uma vítima de peso.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos