Vídeo de israelense disparando em palestino gera polêmica

TEL AVIV, 10 ABR (ANSA) - Um vídeo de um soldado israelense atirando contra um palestino que atravessava pacificamente a fronteira da Faixa de Gaza foi divulgado na internet e gerou polêmica.   

No momento em que o palestino é atingido, é possível ouvir gritos de comemoração. "Que vídeo lendário" e "Claro que eu filmei", disseram os militares. A filmagem, de pouco mais de um minuto e sem data, também foi exibida em uma emissora de televisão israelense, o que deixou as cúpulas militares do país em situação incômoda. Apesar de reconhecer a veracidade do vídeo, as Forças de Defesa de Israel (FDI) informaram que a gravação "não corresponde aos confrontos atuais na Faixa de Gaza".   

De acordo com um porta-voz, o episódio ocorreu em 22 de dezembro, quando manifestantes palestinos organizaram, nas imediações da fronteira entre Gaza e Israel, uma "violenta manifestação" que durou duas horas e que se caracterizou por lançamentos de pedras e repetidas tentativas de danificar os alambrados.   

Os soldados lançaram advertências, fizeram uso de meios de dispersão e dispararam tiros no ar. Quando viram que as ações não eram suficientes, o atirador da equipe teve a ordem de disparar no "principal culpado", atingindo-o na perna. Ainda assim, o representante condenou quem gravou as cenas e pelo fato de expressar comentários "impróprios" contra o palestino. Ele também indicou que o responsável pelos comentários será submetido a medidas disciplinares. O vídeo agravou a tensão na região, já elevada por causa dos protestos das duas últimas sextas-feiras, quando manifestantes palestinos e militares israelenses entraram em confronto. Mais de 30 pessoas morreram e 100 ficaram feridas nos conflitos.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos