Rússia reforçará segurança da Síria após ameaça de Trump

MOSCOU, 11 ABR (ANSA) - A Rússia anunciou que a partir de amanhã (12) sua "polícia militar" será implantada em Duma, na região de Ghouta Oriental, para garantir "ordem e segurança", depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou lançar "mísseis inteligentes" na Síria como resposta ao suspeito ataque químico.   

A informação foi relatada nesta quarta-feira (11) pela agência Tass, citando o general Viktor Poznikher, primeiro vice-chefe do principal departamento operacional do Estado-Maior da Rússia.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos