Brasil bateu recorde de pedidos de refúgio em 2017

SÃO PAULO, 12 ABR (ANSA) - Um relatório divulgado pelo Ministério da Justiça nesta quarta-feira (11) revelou que o Brasil recebeu 33,8 mil solicitações de refúgio em 2017, a maior marca da história do país.   


De acordo com o documento "Refúgio em Números", a maioria dos pedidos foi feita por venezuelanos, com 17,8 mil pedidos.   


Atualmente, o Brasil possui mais de 86 mil solicitações pendentes.   


"A autorização de residência para pessoas de países que fazem fronteira com o Brasil é uma alternativa mais rápida e simples aos venezuelanos que querem morar no nosso país", afirmou Luiz Pontel de Souza, presidente do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare).   


Devido à grave crise econômica e política que assola a Venezuela, mais de 50 mil pessoas já saíram do país e migraram para Boa Vista, capital de Roraima. Estima-se que, diariamente, cerca de 400 venezuelanos entrem no Brasil.   


Segundo o relatório, o Brasil reconheceu 10,1 mil refugiados nas últimas duas décadas. Desse total, apenas 5,1 mil permaneceram no território brasileiro, sendo 35% deles sírios, que fugiram da guerra civil no país árabe.   


Entre os sírios que ficaram no Brasil, 52% moram em São Paulo, 17%, no Rio de Janeiro, e 8%, no Paraná. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos